11/09/09



existe sempre ontem na memória que me enche de
sonhos, os teus dedos tocam-me dentro dos sonhos.
nos teus lábios, imagino beijos. perdi-me no mundo.

José Luís Peixoto in “A casa, a escuridão”

4 comentários:

Avelaneira Florida disse...

Que lindo mar!!!!

Que boa partilha, como sempre!!!!

Tudo de bom para os teus dias!!!!!

Bjkas!

hfm disse...

Vais encontrá-lo em breve desenhado no meu caderno de viagens! Um beijo.

Mar Arável disse...

Até os beijos se conquistam

E. Raposo disse...

O vulcão dos capelinhos...
será?